hertz

Alfredo Hertzog lança 1º e-commerce de artes únicas do Brasil

Amantes das artes poderão conhecer e adquirir obras originais de artistas renomados sem precisar ir até as grandes galerias. A Hertzog Art (https://hertzogart.com.br/) é a primeira plataforma e-commerce de arte no Brasil a reunir peças únicas e com preços pré-estabelecidos.

O portal reúne diversos suportes: esculturas, pinturas, fotografias, desenhos e vídeos; assinados por autores nacionais e internacionais de diferentes escolas artísticas. Todo o acervo tem a curadoria do empresário e colecionador Alfredo Hertzog.

Voltada para o colecionadores e compradores de arte em geral, a Hertzog Art proporciona facilidade para que pessoas de qualquer região possam ter acesso a destacados trabalhos de artistas diretamente do computador, tablete ou smartphone.

O modelo criado por Hertzog, habituado com iniciativas semelhantes disponíveis internacionalmente, prima pela transparência na relação entre artista e comprador: todas o acervo tem preço tabelado, informado junto à descrição das obras. Elas ainda acompanham notas assinadas por Alfredo Hertzog, com comentários sobre os artistas e as peças disponíveis.

“Os novos consumidores de arte, especialmente, valorizam essa transparência, em que não há espaço para distinções de valores pelo perfil do comprador, prática que pode ocorrer quando o valor não é pré-estabelecido”, destaca Hertzog. 

O empreendimento

A ideia da Hertzog Art surgiu enquanto o seu criador estudava art business na Sothebys Institute of Art, de Nova Iorque (EUA). Lá, Alfredo encontrou no e-commerce de artes um mercado consolidado, que crescia ano a ano, e pôde conhecer diversos empreendedores do setor.

O mercado de arte online está em constante crescimento na Europa e nos Estados Unidos. De acordo com a pesquisa Hiscox Online Art Trade Report, o e-commerce de obras movimentou nesses países US$ 3.27 bilhões em 2016, crescimento de 23% em relação ao ano anterior. Seguindo essa trajetória, a previsão é que em 2020 esse mercado atinja a marca de US$ 9.58 bilhões.

Para Hertzog, a plataforma virtual abre portas principalmente para consumidores mais jovens que não querem gastar horrores, mas também tem obras renomadas.

Como mostrou o mesmo estudo da Hiscox, as transações online possuem ticket médio comparado às galerias físicas: em 2016, 79% das compras virtuais foram de menos de US$ 5 mil.

“O mercado das artes tem se aberto para várias camadas sociais. Muitos daqueles recém-imersos neste universo ainda têm receio de entrar em galerias físicas, fazer perguntas, etc.”, acrescenta.

Seleção das obras

As obras ingressas no acervo do portal são criteriosamente selecionadas por Alfredo Hertzog.  A maioria são obras únicas e pertence a galerias parceiras ou aos próprios autores. Outras vêm da própria coleção de Hertzog, mas são a menor parte, afirma Alfredo.

A predominância é de obras únicas, assinadas por figuras renomadas e promissoras das artes-plásticas, como Anna Maria Maiolino, David Batchelor, Fernanda Chieco e Fernanda Gomes. Reproduções, apenas algumas fotografias, mas, nesse caso, tudo é informado na própria descrição do produto: “A nossa curadoria preza pela qualidade e harmonia do acervo”, explica.

Como adquirir

A Hertzog Art funciona como um canal direto entre o artista e o comprador. Portanto, ao adquirir a obra, ele estará efetuando a compra diretamente do autor da obra, o que assegura a autenticidade e a procedência da transação.

Para adquirir uma peça, o cliente deverá navegar no site (https://hertzogart.com.br/), selecionar a obra e incluí-la no “carrinho”. O pagamento é efetuado na própria página e a entrega é feita no local indicado, para qualquer região do país.

 

Por: Frederico Cursino